Universidade Monstro

tumblr_mpghn6JuBG1qbzaheo1_500  tumblr_mpghn6JuBG1qbzaheo2_500

tumblr_mpghn6JuBG1qbzaheo3_500  tumblr_mpghn6JuBG1qbzaheo4_500

Oi chuchus!

Estou de volta ao blog para fazer uma resenha do novo filme da Disney: Universidade Monstro! Como vocês já devem saber, esse filme é a continuação do grande clássico Disney-Pixar de 2001, Monstros S. A. Eu estava doida para assistir, e finalmente consegui arrumar um tempinho longe das provas para disponibilizar essa resenha.

A história é uma volta ao passado, ou seja, ela mostra como começou a grande amizade entre Mike Wazowski e James P. Sullivan. A relação entre os dois filmes é mais ou menos como X Men: Primeira Classe, que veio depois dos três primeiros X Men, mas acontece em um período antes. É como se voltassem no passado. Adoro filmes assim.

  cute

O filme começa com Mike ainda pequeno (uma gracinha!) em uma excursão da escola à empresa Monstros S/A. Ele é um monstrinho pequeno, um pouco excluído da turma, mas fica fascinado, como todos, com os “assustadores” do futuro local de trabalho. Ele desrespeita aquela velha lei de “permaneça atrás da linha amarela” e acaba entrando em uma das portas em funcionamento, presenciando uma criança ser assustada por um monstro. E é nesse momento que ele decide que quer ser um assustador.

Ele estudou e se esforçou muito, até que conseguiu entrar para a sonhada Universidade Monstro, que ensinava os melhores assustadores do mundo. Mike não é recebido muito bem entre os colegas, por ser o tipo físico “inapropriado” para um estudante da matéria. Na sala da universidade ele cruza pela primeira vez com James P. Sullivan, um monstro grande e popular, descendente de assustadores famosos, e eles se odeiam imediatamente. Na prova final, os dois são expulsos da Academia de Sustos e só têm uma alternativa se quiserem voltar: ganhar o Concurso de Sustos. Numa tentativa desesperada de seguirem seus sonhos, eles se unem à desajeitada irmandade Ozzma Kappa (OK) num concurso que muda para sempre a vida deles.

Afinal, Mike é bom na teoria, Sulley é bom na prática… O que será que rola dessa união?

tumblr_mp4c1av0Bi1rogap3o5_250   tumblr_mp4c1av0Bi1rogap3o6_250

tumblr_mp4c1av0Bi1rogap3o8_250   tumblr_mp4c1av0Bi1rogap3o3_250

tumblr_mp4c1av0Bi1rogap3o1_250   tumblr_mp4c1av0Bi1rogap3o2_250

tumblr_mp4c1av0Bi1rogap3o4_250   tumblr_mp4c1av0Bi1rogap3o7_250

Eu achei o filme lindo, é impossível não se emocionar com o Mike, sentir um pouco de raiva do Sulley ou rir às gargalhadas com a Sherri, mãe do Esguicho. Os monstros desse novo filme são ainda mais encantadores e, mesmo sem a presença da Boo (meu Deus eu amo essa garotinha, da vontade de apertar!), há fofuras em cada cena (o bebê Wazowski cumpre bem a função fofurítica dele). Eu torcia pela amizade dos dois desde o início e xingava cada burrada deles, mesmo que já soubesse que eles ficariam amigos no final, por causa do filme anterior. Sério, deu vontade de chorar de saudade daquela mini eu, aos três anos, conhecendo esses personagens pela primeira vez. Foi como voltar a ser criança!

mike   mike2

ok   ok2

ok3   ok4

tumblr_mpevm1YQEj1qlhhx4o1_250   tumblr_mpevm1YQEj1qlhhx4o2_251

tumblr_mpevm1YQEj1qlhhx4o3_252   tumblr_mpevm1YQEj1qlhhx4o4_253

Bem, chuchus, espero que tenham gostado do post! O filme é cinco estrelas (*****), vale super a pena assistir. Estou morrendo de vontade de ver de novo. Quem sabe não encontro um de vocês lá?

Cartaz do filme:

poster

XOXO,

Ferdi.

Anúncios